As minhas impressões…

Agora que já vivo há cerca de nove meses na Coruña (ou Corunha como prefere o amiguinho Seco) posso fazer alguns comentários sobre as gentes e os costumes daqui. Não pretendo fazer juízos de valor, generalizar ou ofender ninguém. São meras observações, ideias, impressões que tenho vindo a adquirir desde que cá estou. Se estiver errada em algum dos pontos que descreverei  mais abaixo, por favor escrevam comentários e corrijam-me. Ficarei muito mais satisfeita por ter uma ideia fiel da cidade e dos seus habitantes do que permanecer na ignorância e adquirir noções erradas.

De momento escreverei só sobre a infância. Não quero que o artigo se torne muito longo e maçudo. E por agora também não disponho de muito tempo. Além disso, escrever exige um esforço para o qual não estou muito virada, já que tenho de planificar a próxima semana de trabalho com os meus bebés queridos.

1. INFÂNCIA

O sistema educativo infantil está dividido da seguinte forma: escola infantil (0 – 3 anos) e colégio (3 – 6 anos). Para poder ser um profissional da educação no primeiro estágio é necessário fazer um curso técnico de dois anos (o que corresponderia aos nossos 11º e 12º anos do secundário)  e ficamos com a designação de técnico superior de educação infantil. Se quisermos exercer também em colégios (mais prestigiante que as escolas infantis) teremos de ir à universidade e estudar durante mais dois anos ao que se chama magistério. Aí ficaremos com o título de maestra infantil.

As escolas infantis podem ser particulares, públicas (sim, aqui o Estado já reconhece que a faixa etária dos 0 aos 3 anos também conta na educação dos mais pequenos, apesar de pagar menos aos técnicos superiores de educação do que aos maestros infantis) e municipais, ou seja, como já expliquei noutro post, com dinheiros públicos e gerência privada, e têm um horário muito reduzido que vai desde cerca das 8h até as 15h. Mais do que isso os pais têm de pagar como se fosse extra-curricular. Todas as refeições que se façam na escola, desde pequeno-almoço a lanche, são pagas à parte. Por isso, uma grande parte das crianças vai-se embora às 13h. Algumas vão a casa almoçar  e depois voltam às 15h. A maioria fica com os seus avós na parte da tarde.

Uma coisa curiosa e muito bonita que acontece aqui é que as crianças não são levadas para casa e postas frente à televisão (sim, em alguns casos não duvido que isto se passe). Em vez disso, vão passear e brincar para um dos muitíssimos parques infantis que existem espalhados por toda a cidade. Para mim são surpreendentemente tantos que me arriscaria a dizer que há um a cada quarteirão. É realmente uma imagem bonita ver um jardim, um parque infantil, as ruas e os cafés cheios de gente com as suas crianças a brincarem e a correrem livremente. O movimento nota-se mais a partir das 16h.  A essa altura torna-se quase impossível passear pelas principais ruas da cidade. É tanta gente! Tantos carrinhos, tantos miúdos com os seus pequenos e espaçados passinhos. Sim, são muito engraçadas as criancinhas, mas quando estamos com pressa ou queremos andar a um ritmo normal esta parte torna-se um pouco irritante… Coisas de uma cidade grande, o que se pode fazer?

Esta imagem deixa de ser tão bonita quando vemos uma grande maioria (e quando digo maioria refiro-me mesmo a muitíssimas crianças) vestida como se vestiam os niños há dois séculos atrás (séc XIX). E não exagero, acreditem. Meninos com calções e suspensórios, meias até aos joelho,  camisa com lacinho de cetim na gola e boina (sim, as boinas que os nossos avós ainda usam hoje em dia).  Meninas com vestiditos aprumados, meias até ao joelho, sapatos de verniz e laços de cetim no cabelo. É vê-los nos seus carrinhos de tecido azul marinho, cheio de rendilhados brancos nas costuras, com as grandes rodas de raios e pneus finíssimos. À falta de melhor descrição apresento-vos esta imagem:

8254df0cbe38f2ebe4cf3869b4c7b556_bigEstes serão os “betinhos” aqui da zona… É claro que este tipo de moda está mais associada à classe social  média alta. Não obstante, aqueles que têm menos posses também se apresentam assim. A diferença está em como se apresentam os pais🙂

Outros temas, outras observações e outras minhas impressões ficarão para o próximo artigo, prometo.

Ah! Já me esquecia! Já vendi os meus colares na loja Mettro! Estou a preparar mais para lhes levar. E a semana passada recebi um pedido de uma venezuelana que viu o meu blog Muñekixus. Gostou tanto dos meus colares que me encomendou seis! É muito gratificante saber que as pessoas gostam do meu trabalho. E claro que uns dinheirinhos extra vêm sempre a calhar😀

minha assinatura blog

3 respostas a As minhas impressões…

  1. Seco diz:

    O que eu gostava de te ver com um laço de cetim no cabelo e uns sapatinhos de verniz!!! Escreve mais sobre a Corunha. E tira umas fotos para ilustrar a coisa. Não te deixes é apanhar a fazer de paparazzo senão os espanhóis obrigam-te a comer um dos Munekixus. A propósito, lembra-te de chatear a cabeça ao Joaquim para ele te dar umas dicas sobre como aumentar o tráfego para o site dos bonecos (se o Senhor Informática souber ou não estiver demasiado ocupado com os seus projectos para salvar o mundo do Bill, claro). Sei que já te chateei com este assunto mas só o faço novamente porque tenho a certeza que se a divulgação fosse maior ias ter um “sucessão”.

    Beijos

  2. Seco diz:

    Ah, e não daria tanto trabalho assim criar mais dois sites-clones traduzidos para português e para inglês. À CONQUISTA DO MUNDO!!! MUNEKIXUS, AWAY!!

  3. João Grosso diz:

    Li com atenção, tá muito lindo. Devias explanar como se apresentam os papás, ha, e também as mamãs…
    Beijinhos do pai

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: