Festival de Pardiñas – Guitiriz

Ultimamente tenho andado muito preguiçosa para escrever… Só me apetece acabar o segundo volume da trilogia Millennium de Stieg Larsson. E depois não dou pelo tempo passar… Que luxo, verdade?

Enfim, vamos lá fazer um balanço do fim-de-semana passado. Aquele de que vos falei no artigo anterior.

Há já 30 anos que se realiza este festival de música folk. Esta palavra soa-me a pimba americano, quando na realidade, o Festival de Pardiñas tem como objectivo apresentar bandas de todo o mundo. Realiza-se anualmente, de Sexta a Domingo, num enorme descampado, onde podemos montar as nossas tendas. Existe também um espaço destinado a algumas barracas de artesanato, o que me agradou muito.

O problema é sempre a chuva… Assim que saímos da Coruña começou a chover e quando lá chegámos ficámos a tarde toda debaixo do toldo que uns amigos da Sílvia já tinham montado. Por sorte, à noite, na altura dos concertos, parou e pudemos desfrutar da música de La Belle Image Fanfarre (França) e de Hedningarna (Suécia).

Pena que me esqueci de carregar a bateria da máquina… Quando chegou a noite já não podia tirar mais fotos…

Como o terreno estava tão encharcado e enlameado, decidimos ir dormir à casa dos amigos da Sílvia, que ficava a uns escassos 2 km dali. No Domingo voltámos para desmontar a tenda, arrumar tudo e voltar a ver as barraquinhas de artesanato.

cartel-pardinas09

o nosso espaço protegido pelo toldo

de vez em quando tínhamos que levantar o toldo para que não se acumulasse água...

enquanto uns tentavam ajeitar o toldo, outros tinham de o segurar...

o nosso jantar: tortilla, frango panado, salada de massa e frango, pizza, empanada...

não podiam faltar os chouriços do talho rocha!

pequeno exemplo de como os carros deixaram o terreno, graças à persistente chuva, claro!

o Victor a fazer publicidade à cerveja galega, Estrella Galicia

barraquinhas de artesanato

estes não faziam parte do cartaz, mas tocavam igualmente bem!

minha assinatura blog

5 respostas a Festival de Pardiñas – Guitiriz

  1. Luís Seco diz:

    Para o ano levas a tua tralha, minha cigana, e fazes negócio em vez de andares com medo dumas pinguitas de chuva. Bah, venha ela pa dar erva às vaquinhas.

    Beijos

  2. nazaré diz:

    mudaste o tipo de letra do template ou é impressão minha?

  3. inês diz:

    LENDINAS!!! tb tou a ler isso!!!
    hahaha!!! ainda nao comecei o segundo, tenho guardado! entretanto fiz um intervalo e já li dois a seguir ao primeiro volume! COOL!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: