Aventuras na Tugalândia

Agora que vou viver para fora de Portugal decidi regularizar todos os meus documentos.

Num só dia resolvi fazer o Cartão de Saúde Europeu, o  Cartão do Cidadão e actualizar a morada da minha Carta de Condução.

Para fazer o primeiro não precisei de nada, só de uma grande dose de paciência. A funcionária era bastante simpática até, mas bolas que era lenta! Devia ser das primeiras vezes que fazia este tipo de serviço e por isso notava-se que não estava muito familiarizada com o software. Era tão lenta a preencher os meus dados no computador que a sessão encerrou duas vezes… É claro, tive que fornecer os meus dados três vezes!!! Finalmente, entregou-me uma impressão do que fez que me servirá de comprovativo até que o meu cartão chegue a casa. Óptimo.

Quando fui fazer o Cartão do Cidadão as coisas melhoraram. Não só fui atendida com muita amabilidade, como por uma funcionária prestável e competente. Num só cartão vou ter os dados de quatro: B.I., Cartão de Segurança Social, Cartão de Contribuinte e Cartão de Eleitor! Desvantagens: paguei 12 euros, tenho de o levantar pessoalmente no Registo Civil e só daqui a uns dias.

Até aqui achei que o dia me estava a correr muito bem, pois nunca tinha sido bem atendida em serviços públicos. Foi engraçado, porque estranhei tanta simpatia.

O problema surgiu quando fui à Direcção Geral de Viação de Évora, ou melhor, à Direcção Regional de Mobilidade e Transportes do Alentejo. Sim, uma coisa que o tuga gosta de fazer é complicar tudo, atribuir nomes pomposos às coisas e utilizar palavras caras. Em suma, o tuga gosta de escrever quinze palavras quando apenas podia escrever sete.

Enfim, continuando…

Cheguei lá já à hora do almoço. Grande erro! Os serviços estão abertos das 09h às 16h, mas isso não quer dizer que os ditos serviços funcionem bem entre as 12h e as 14h… Na minha opinião mais valia fecharem uma hora para os funcionários almoçarem descansados. Porquê? Porque lá diz que os serviços estão abertos, mas os funcionários não deixam de ir almoçar! E fica só um indivíduo a atender dez pessoas! Para isso mais valia serem honestos e fecharem à hora do almoço… Ou então almoçarem por turnos, deixando, pelo menos três funcionários a trabalharem.

O que me aconteceu foi o seguinte:

Cheguei, meio desorientada sem saber a quem me dirigir. Pus-me numa fila qualquer e quando chegou a minha vez disse que queria alterar a morada da minha carta. A senhora que mais gritava do que falava estendeu-me um impresso e disse-me asperamente e a berrar: «Tem de preencher isto a preto.»

Não me considero nenhuma parva, mas tive grandes dificuldades a preencher aquele papel. Para não cometer nenhum erro dirigi-me outra vez à senhora e perguntei-lhe o que tinha de preencher e onde (sim porque aquele impresso servia para várias coisas ao mesmo tempo e o que eu queria nem estava lá mencionado…). Relutantemente e outra vez aos berros a senhora lá me ajudou.

Fui sentar-me para preencher o resto e colar uma foto minha no tal papel. Entretanto, a senhora foi-se embora. Quando tinha tudo pronto dirigi-me à sua secretária e fiquei à espera que ela voltasse. Espreitei para dentro de um escritório mas não vi vivalma… Esperei mais um pouco e lá apareceu um outro antipático, desta vez do sexo masculino. Entreguei-lhe o formulário pensado que estaria despachada e imediatamente o senhor disse-me que agora teria de tirar uma senha e aguardar.

Uma senha para quê? Ele não podia ter logo submetido o meu pedido?

Depois de me atender o senhor também desapareceu.

Esperei, esperei e esperei. Estava no número 23 e eu era o 25. Os números simplesmente não passavam. Toda a gente estava à espera de ser atendida, mas ninguém o era! Espreitei mais uma vez para o escritório e voltei a não ver ninguém!

Passados 35 minutos o senhor antes de mim foi atendido. Finalmente!

Vinte minutos a seguir o meu número apareceu no visor.

Eu toda animada por ser agora atendida, pensando que bastaria entregar o tal impresso, desejei nunca ter entrado nestas instalações.

Caramba que o tuga gosta de papel! Ah se gosta! Somos um país de papel, não há dúvida…

Nesse momento descobri por que é que não me tinham recebido assim que tinha preenchido o papel. Porque agora era necessário passar os dados para o computador! E imprimi-los e entregar-me uma cópia e ficar com outras duas no arquivo. Afinal para que é que servem os computadores?

Eu escrevi tudo num papel. Um funcionário perguntou-me sobre  todas as informações que eu tinha escrito para agora as escrever no computador. E depois ainda foi imprimir!!!

Caramba que o tuga gosta de papel! Ah se gosta! Somos um país de papel, não há dúvida…

Bolas, saí de lá a espumar. Bem mas já acabou e a vantagem é que vou receber a carta em casa (mas só daqui a 3 meses!!!).

chamas

2 respostas a Aventuras na Tugalândia

  1. nazaré diz:

    Bem isso é que foi mesmo uma grande empreitada!!! Essa de escrever e imprimir os mesmos dados é de loucos, mas tens de concordar que as coisas estão a mudar, devagarinho mas a mudar.

    beijinhos

  2. Um dia perdi ou roubaram-me a carteira…

    No dia seguinte fui participar à GNR o que tinha acontecido. Depois de me perguntarem se já tinha procurado a carteira em “valas, caixotes do lixo ou sarjetas” (bom conselho hum!) o GNR em causa sentou-se ao “comp’tador” enquanto eu pensava: “Bem, isto tá mesmo moderno hum!” e começou a dac-ti-lo-gra-far… sim… assim com esta len-ti-dão…
    Quando acabou (palmas) – 15 minutos depois – o que é que fez?
    Opção 1: Pressionou “Guardar” e guardou o arquivo;
    Opção 2: Pressionou “Submeter” e o arquivo foi parar a uma base de dados partilhada pelas autoridades da Nação Portuguesa;
    Opção 3: Pressionou “Achar Ladrão” e apareceu um Google Maps com a localização do ladrão.

    Resposta certa: Nenhuma! Pressionou “Imprimir”, furou com um furador (obviamente!) e “arquivou” num “dossier”!

    …. e assim começou “O Choque Tecnológico”!

    BTW, no dia um conhecido entregou-me a carteira que achou à porta da discoteca (ainda bem que não perdi tempo com a procura nas sarjetas e valas…).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: